contribuicao_sindical

Contribuição Sindical – fortaleça também a sua indústria!

Quando você paga a Contribuição Sindical para o seu sindicato empresarial, quem ganha é a sua indústria! 

A união de esforços, em busca de objetivos comuns, é o principal caminho para que o setor industrial supere dificuldades e evolua. Fortalecer essa união é, portanto, uma forma de garantir melhores condições de produção e mais crescimento para as empresas.

E essa união se dá justamente nos sindicatos empresariais. Eles fazem parte do Sistema Indústria, liderado, em nível estadual, pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) e, em nível nacional, pela confederação Nacional da Indústria (CNI).

Em 2018, a atuação destas entidades proporcionou importantes conquistas para a indústria brasileira. Como legítimos representantes do setor industrial, os sindicatos empresariais, a Fiep e a CNI continuarão defendendo a indústria nacional perante os governos municipais, estaduais e federal. E, em 2019, faremos ainda muito mais!

Além dessa representatividade, o Sistema Indústria presta total apoio para que as empresas se aprimorem e busquem novas oportunidades de negócios. Isso por meio de uma série de serviços como consultoria para tornar mais eficiente seu processo produtivo, capacitação para se adaptar à nova legislação trabalhista e implantar o eSocial, e assessoria para análise de riscos quanto às normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, Também é ofertada assistência para desenvolver soluções inovadoras e inserir seus produtos no mercado internacional.

Entretanto, para que essa prestação de serviços seja sustentável, é fundamental que sua empresa contribua com o sindicato da categoria.


 

Enviamos via correio a guia da Contribuição anual das Indústrias Metalmecânicas. O vencimento é para o próximo dia 31 de janeiro. Caso não receba, entre em contato conosco (44) 3224-4186

Contribua, pois assim você fortalece cada vez mais a sua indústria.


 

Fonte: Sistema Fiep

MGA_CTM_ISI_IST_MAQ_Imagem01

Maringá tem Instituto Senai de Inovação em Engenharia de Estruturas e Tecnologia Metalmecânica com atendimento para todo o Brasil

Com abrangência nacional, o Instituto terá atendimento focado na indústria.

 

No cenário atual, inovar e ter ganhos de produtividade é tornar-se competitivo. Para contribuir para o avanço da indústria, o Sistema Fiep também avança na oferta de novas soluções que apoiem e permitam um ambiente de inovação e modernização do setor industrial no país.

Instalado em Maringá, o Instituto Senai de Inovação (ISI) em Engenharia de Estruturas foi criado e está atuando junto ao Instituto Senai de Tecnologia (IST) em Metalmecânica e ao Laboratório Aberto, também localizados na cidade onde está o Senai CTM.

 

Maringá tem um polo industrial com excelente infraestrutura e grande expectativa de contínuo crescimento. A nossa unidade Senai CTM (Jardim Leblon) possui espaço adequado, ótima localização e conta com as atividades do IST, bastante complementares às atividades do Instituto Senai de Inovação, explica o gerente do Instituto Senai de Tecnologia, Luiz Antônio Mendonça.

 

Embora tenha sido criado recentemente, o ISI já vem contribuindo para o aumento da competitividade da indústria. Seu pleno funcionamento está previsto para o segundo semestre de 2019. Teremos um prédio de 3.800 metros quadrados que está em construção e contaremos com uma equipe de cerca de 40 pessoas, entre pesquisadores, técnicos, bolsistas e pessoal administrativo, afirma Mendonça. No mesmo local, funcionará o Instituto Senai de Tecnologia em Metalmecânica, focado no atendimento a indústria, num investimento total de mais de R$ 15,5 milhões. Esse possuirá maquinário moderno, entre eles, um Centro de Unisagem de 5 eixos, e atenderá a demanda de micro usinagem, fabricação de moldes e matrizes de peças complexas e precisas. A entrega da obra está prevista para o segundo semestre de 2019.

ISI:

O ISI em Engenharia de Estruturas oferece soluções em materiais e componentes, processos construtivos e edificações inteligentes. Seus segmentos estratégicos são as construções de habitações populares.

O Instituto Senai de Inovação em Engenharia de Estruturas oferece uma extensa lista de soluções e serviços. Entre eles: A atuação do ISI em Engenharia de Estruturas é bastante transversal, sendo que atualmente os segmentos beneficiados são: edifícios residenciais e comerciais, construção pesada (rodovias e ferrovias), plantas industriais e instalações prediais.

O gerente acrescenta que estão sendo buscadas parcerias sólidas com indústrias interessadas em desenvolvimento tecnológico e inovação. A antecipação da parceria, previamente ao pleno funcionamento, permite que os laboratórios e os equipamentos sejam melhor selecionados e que o atendimento seja mais eficiente, diz.

De acordo com ele, as indústrias interessadas devem entrar em contato com o ISI em Engenharia de Estruturas para conhecer os serviços que podem ser oferecidos e alinhar projetos futuros. Isso permite, por exemplo, que a empresa deixe de adquirir um equipamento específico e passe a realizar testes, desenvolvimentos e inovação por meio do instituto, reduzindo investimentos e garantindo suporte técnico adequado, assegura.

IST:

O Instituto Senai de Tecnologia Metalmecânica realiza serviços e pesquisa aplicada nas áreas de sistemas de manufatura, de desenvolvimento de produtos, de processos de fabricação e de tecnologia de materiais. O objetivo é o de desenvolver, implementar e otimizar processos, produtos e equipamentos, até que estes estejam prontos para o uso e para o mercado.

Dentre os serviços oferecidos estão: Serviços técnicos e especializados (Ex. Prototipagem 3D), serviços de metrologia (ensaios, testes, calibrações e processos), pesquisa e desenvolvimento e otimização de produtos e processos e consultoria em temas de tecnologia e inovação.

 

Laboratório Aberto:

Um espaço de aprendizagem projetado para que pessoas com diferentes habilidades possam interagir e trabalhar de forma colaborativa para o desenvolvimento de produtos e negócios.

Está localizado em Maringá (PR), é um  ambiente de inovação para que pessoas com diferentes perfis e habilidades possam se encontrar para trabalhar de forma colaborativa no desenvolvimento de produtos e negócios. Diferente do conceito tradicional de laboratórios (fechados para públicos específicos e gerenciados por professores ou pesquisadores), o Laboratório Aberto do Senai em Metalmecânica oferece acesso livre para que todos possam utilizar sua infraestrutura no desenvolvimento de suas ideias com base no conceito “faça você mesmo”. Além disso, ele estimula a interação entre usuários para que eles possam trabalhar em soluções conjuntas.

Mais informações:

ISI e IST Maringá – Rua José Correia Aguiar, 361 – Jardim Leblon

Telefone: 3293-6700

 

 

Col Sesi (2)

Colégio Sesi tem matrículas abertas para 2019

Quer um ensino diferenciado para o seu filho?

Venha para o Sesi!

Os dois Colégios Sesi, Nacional e Internacional, seguem a mesma ideia: uma escola com menos individualismo e mais trabalho em equipe, com menos imposição e mais diálogo, com menos dependência e mais responsabilidade.  Temos orgulho de fazer parte da maior rede privada de ensino médio do Paraná, que há 14 anos forma jovens inovadores e empreendedores, preparados para os desafios acadêmicos, do mercado de trabalho e também da vida.

(44) 3218-5655

 

Colégio Sesi Nacional

Referência em educação de qualidade, o Colégio Sesi desenvolve a autonomia dos alunos, estimulando a busca pelo conhecimento a partir do aprendizado com disciplinas integradas. As aulas realizadas em Oficinas de Aprendizagem incentivam a criatividade, o pensamento crítico e a postura investigativa dos estudantes.  Cada oficina tem um tema e um desafio, trabalhados pelos professores de todas as disciplinas e com o conteúdo aplicado em problemas reais.  A partir daí os alunos desenvolvem suas habilidades individuais, ao mesmo tempo que aprendem a trabalhar em conjunto em busca das melhores respostas e soluções.

(44) 3218-5655

http://www.sesipr.org.br/colegiosesi/

www.facebook.com/colegiosesi.maringa

Valor para a comunidade: R$ 514,00

Valor da mensalidade para colaboradores da indústria: R$ 316,00

Valor especial da mensalidade para colaboradores da indústria associada ao SINDIMETAL: R$ 271,00

Colégio Sesi Internacional

Com a mesma metodologia de Oficinas de Aprendizagem e aulas em português e inglês, o Colégio Sesi Internacional ensina mais que um novo idioma: prepara os alunos para aplicarem esse aprendizado na universidade, no mercado de trabalho e em projetos importantes para o futuro.  Com conteúdo interligados, em que as disciplinas se conectam umas às outras, contato com novas tecnologias e a convivência com outras culturas, o Colégio Sesi Internacional forma gerações mais confiantes, preparadas para atuar aqui mesmo no Brasil ou em qualquer lugar.  Descubra como a educação bilíngue pode ser um mundo de oportunidades para seu filho.

Aproveite e venha conhecer a nossa metodologia inovadora e bilíngue neste sábado, 12/01. Começaremos com uma apresentação da metodologia e um tour às 10h00, seguido de uma maratona de matrículas das 11h00 às 13h00. Inscreve-se sem compromisso!

(44) 3218-5659

http://www.sesipr.org.br/colegiosesi/internacional/

www.facebook.com/internacionalmaringa

Valor da mensalidade para a comunidade: R$ 745,00

Valor da mensalidade para colaboradores da indústria: R$ 670,00

Valor especial da mensalidade para colaboradores da indústria associada ao SINDIMETAL: R$ 633,00

 


Novidade:

O Colégio SESI Paraná traz para você, aluno que vai ingressar no 1º ano do Ensino Médio em 2019, uma proposta de Educação Inovadora,

– ENSINO MÉDIO COM ITINERÁRIO DE FORMAÇÃO TÉCNICA E PROFISSIONAL

Acesse o link abaixo, se inscreva para concorre a uma das bolsas 100% e venha fazer parte de um modelo de Educação que te deixará preparado para as mudanças mobilizadas pelas novas tecnologias

https://alunos.sesisenaipr.org.br/…/PortalProcessoSeletivo/…

Para mais informações ligue: 3218-5658 / 3218-5655

convenção 2019

COMUNICADO IMPORTANTE: CONVENÇÃO COLETIVA 2018/2019 – FECHAMENTO – AUMENTO SALARIAL

FECHADAS CLÁUSULAS ECONÔMICAS

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2018/2019

Foram fechados, após negociações, os seguintes pontos:

DATA BASE da nossa categoria 01/12/2018.
˃ O REAJUSTE SALARIAL foi negociado em 02 etapas e inclusa toda a correção do INPC.
• Em janeiro de 2019 aumento de 2,5%; e
• Em junho de 2019 aumento de 2%.
* O valor do salário acima de R$ 6.000,00 será de livre negociação entre empresa e empregado, sendo garantido o aumento salarial até esta faixa.

˃ O REAJUSTE DO PISO da categoria (hoje no valor de R$ 1.420,00) também foi dividido em 02 etapas:
• Em janeiro de 2019, R$ 1.455,50;
• Em junho de 2019, R$ 1.483,90.

˃ CESTA BÁSICA (atualmente de R$ 120,00):
• A partir de janeiro de 2019 no valor de R$ 132,00.

Preservamos as conquistas das Reforma Trabalhista!

Para mais informações, o SINDIMETAL esta a disposição!

Sem mais para o momento, agradecemos.
Carlos Walter Martins Pedro
Presidente do SINDIMETAL Maringá

 

DSC_0010

DSC_0019

DSC_0033

DSC_0041

DSC_0033

DSC_0019

 

premio

VI Prêmio SFB em Estudos de Economia e Mercado Florestal

VI premio

 

 VI Prêmio SFB em Estudos de Economia e Mercado Florestal, uma realização do Serviço Florestal Brasileiro em parceria com a Confederação Nacional da Industria (CNI) e a Escola Nacional de Administração Pública (Enap).

http://www.florestal.gov.br/ 

Os três melhores trabalhos das categorias graduando e profissional receberão premiações em dinheiro que somam R$ 73 mil. Os resultados serão divulgados em fevereiro e a premiação será em março de 2019.

 

As inscrições se encerram em 31 de dezembro de 2018.

DSC_0876

Iniciam as negociações da Convenção Coletiva de Trabalho 2018/2019 com os Sindmetalúrgicos

Aconteceram nos dia 11 e 12  de dezembro, na Casa da Indústria a primeira e a segunda rodada da Negociação da Convenção Coletiva de Trabalho 2018/2019 com o Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Maringá.

Data Base: 01/12/2018

DSC_0852

As rodadas de negociação aconteceram com a presença dos representantes da classe patronal: Sindimetal Maringá , Sindirepa Maringá, Sindimetal Campo Mourão e da classe trabalhadora, o Sindmetalúrgicos .

 

Dentre os principais pontos pedidos pelo Sindmetalúrgicos, estão:

• Aumento salarial: INPC + 3,70%,
com garantia mínima de 7%;
(último aumento foi de 2% em Janeiro e 2% em Junho)

• Reajuste do piso salarial para R$ 1.600,00;
(piso em vigor R$ 1.420,00)

• Aumento da Cesta básica.
(Valor atual R$ 120,00)

• Abono salarial R$ 1.200,00;
(Não tivemos pagamento de abono em 2018)

A negociação deve continuar na próxima semana.

Data prevista: 18/12/2018.

Mais informações: Sindimetal Maringá (44) 3224-4186

 

DSC_0876 DSC_0872 DSC_0865

DSC_0844 DSC_0845

 

 

1

Retrospectiva 2018: Sindimetal Maringá e seus associados, juntos fortalecendo a indústria!

O ano de 2018 foi um ano de muitas atividades do Sindimetal Maringá junto ao setor, e principalmente ao seu associado. Palestras, encontros, cursos e reuniões foram o ponto alto de ações realizadas ao longo do ano, que promoveram interação e atualização do industrial e dos colaboradores do setor metalmecânico de Maringá e Região.

23 encontro     DSC_0243

Nossos tradicionais Encontros com RH, reuniram cerca de 250 pessoas em palestras jurídicas que abordaram temas como: Reforma Trabalhista, eSocial, Insalubridade, Mudanças na Legislação, Terceirização, entre outros.

 

DSC01074

Workshop realizado em parceria com a Casa da Indústria (Fiep Maringá) com o tema eSocial e Saúde e Segurança do Trabalho.

31ab0729-3f3e-4545-a83a-b29ad87c3e05 d3369bbf-1dce-401d-a15c-d68b90811d63

Parceria com o Sesi Paraná onde foram apresentados  o Modelo Sesi de Sustentabilidade para Competitividade e Análise de Valor.

 

IMG_3924   IMG_3928

Fortalecimento da Parceria Sebrae e Sindimetal. Participação em programas com subsídio para  empresários do setor metalmecânico.

DSC_0637 DSC_0628

Participação das indústrias associadas no Programa Cuide-se + do Sesi Paraná. Atendimento em exames de prevenção de doenças, inclusive do Câncer de Mama.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Participação no Programa de Logística Reversa realizado em conjunto com os Sindimetais do Paraná para favorecer a indústria metalmecânica.

 

WhatsApp Image 2018-04-28 at 09.39.12

Visita Técnica para Feimec em São Paulo,  com a participação dos empresários e colaboradores da indústria Metalmecânica.

e4d1f85b-0e7a-4899-9073-9bcec330adb1 ccd04fe3-211c-4646-9846-d4397a77d079

Palestra Jurídica realizada em Paranavaí, com o tema eSocial, realizada pelo advogado do Sindimetal, em parceria com o SIMP, para indústrias e colaboradores do RH.

 

Em 2019, junto com as indústrias de Maringá e região vamos realizar ainda mais ações em prol de nosso setor. “Queremos juntos, fortalecer ainda mais a indústria metalmecânica, proporcionando situações de crescimento e avanços tecnológicos responsáveis e ao alcance de todos”, comentou o Presidente do Sindimetal Carlos Walter Martins Pedro.

 

 

 

O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) emitiu portaria que desburocratiza o processo de licenciamento ambiental. A portaria número 281/2018 admite a compatibilização dos processos da Licença Prévia (LP) e da Licença de Instalação (LI).  - Foto: R.Piana/Arquivo ANPr

IAP desburocratiza processo de licenciamento ambiental

O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) emitiu portaria que desburocratiza o processo de licenciamento ambiental. A portaria número 281/2018 admite a compatibilização dos processos da Licença Prévia (LP) e da Licença de Instalação (LI). O usuário ambiental agora poderá requerer os dois procedimentos de forma isolada ou simultânea, conforme as características e fase do empreendimento ou atividade. A portaria entra em vigor a partir desta segunda-feira (3).

Até então, os pedidos de Licença Prévia e Licença de Instalação só podiam ser efetuados de forma separada, o que causava uma demora mais significativa na análise de todo o processo de licenciamento. “Essa portaria é um marco para o Instituto Ambiental do Paraná”, diz o diretor de Monitoramento Ambiental e Controle da Poluição do órgão, José Roberto Francisco Behrend. “Ela foi construída em conjunto com a sociedade e garante mais agilidade nos processos de licenciamento, sem abrir mão na qualidade e rigor ambiental”, afirma.

LEGISLAÇÃO – A decisão segue as diretrizes previstas no Decreto Estadual 9.360/2018, que dispõe sobre a simplificação do atendimento prestado aos usuários dos serviços públicos, e no artigo 33 da Resolução Cema 65/2008, que atribuiu ao IAP competência para adoção de procedimentos específicos de licenciamento ambiental.

A elaboração da portaria foi um pedido da Associação Comercial de Maringá. Na última sexta-feira, os técnicos do IAP entregaram o documento elaborado para os dirigentes da ACIM. O novo processo é um ganho tanto para o requerente quanto para o técnico que fará a análise do procedimento. “Pela primeira vez o empreendedor terá autonomia para compatibilizar o desenvolvimento do seu empreendimento com as fases do licenciamento ambiental”, aponta Diego Belloni, representante do Núcleo de Consultores Ambientais, entidade vinculada a Associação Comercial de Maringá (ACIM), que foi a proponente desta nova metodologia de procedimento.

APLICAÇÃO – A portaria se aplica aos seguintes segmentos: atividades agropecuárias (empreendimento de avicultura e de bovinocultura); atividades industriais (indústrias da borracha, da madeira, de papel, de produtos de matéria plásticas, metalúrgica, têxtil, vestuário, calçados e artefatos de tecidos e artefatos de concreto); empreendimentos imobiliários (parcelamento de solo para fins residenciais e comerciais); e comerciais e de serviços (posto de combustíveis para veículos automotores e Depósito e comércio de agrotóxicos).

EXCEÇÃO – A portaria não se aplica aos empreendimentos ou atividades sujeitos ao Estudo de Impacto Ambiental – EIA e Relatório de Impacto Ambiental – RIMA.

A solicitação, documentação e análise continuam seguindo o mesmo processo.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

incubadora 2

Incubadora Tecnológica de Maringá é pelo segundo ano consecutivo a melhor avaliada do Paraná

A Incubadora Tecnológica de Maringá participou da avaliação do Programa CERNE, desenvolvido pelo Sebrae e alcançou a primeira colocação pelo segundo ano consecutivo entre as incubadoras do Paraná. Participaram 17 incubadoras de todo o Estado.

O Programa, criado pelo Sebrae consiste em apoiar e avaliar as incubadoras, que por meio da metodologia CERNE (Centro de Referência para Novos Empreendimentos), obtém consultorias e capacitações nos eixos: finanças, gestão, mercado, tecnologia e desenvolvimento pessoal.

A Incubadora de Maringá participou de todas as etapas de avaliação, inclusive por meio de seus incubados que responderam a questionários referentes aos eixos: finanças, gestão, mercado, tecnologia e desenvolvimento pessoal. “Esta avaliação demonstra nosso trabalho de forma comprometida e responsável, ajudando no desenvolvimento de empresas de base tecnológica. Alcançar a primeira colocação pelo segundo ano consecutivo nos faz acreditar que estamos no caminho certo”, comentou o presidente da Incubadora, Carlos Walter Martins Pedro.

 

Por meio da Re-inova e o Sebrae Paraná, a Incubadora também recebeu o prêmio de Melhor Incubadora de Base Tecnológica do Estado do Paraná.

A premiação foi entregue no Fórum Paranaense das Incubadoras.