insalubridade

Adicional de insalubridade é tema de Encontro com RH

Adicional de insalubridade será tema do próximo e último encontro de RH de 2018 que acontece no próximo dia 21 de novembro, realizado pelo Sindimetal Maringá com sindicatos industriais parceiros.

Ministrado pelo Advogado do Sindimetal Reginaldo Farias, o encontro que está em sua 23º edição apontará aos participantes como garantir a neutralização e evitar o aumento de custos para a empresa.

Serão abordadas a importância dos Programas e Documentos necessários para que a empresa possa ter a gestão e o controle efetivo para neutralizar a insalubridade e garantir a saúde de seu trabalhador.

As inscrições são gratuitas para indústrias associadas ao Sindimetal Maringá.

Para as indústrias associadas aos sindicatos parceiros, o custo é de R$ 25,00 por participante. Para indústrias não associadas, R$ 50,00.

As inscrições podem ser feitas previamente CLICANDO AQUI

Tópicos relacionados a serem abordados no encontro:

-Laudo de Insalubridade
-Treinamentos
-Ficha de Entrega de EPI’s
-Certificado de Aprovação
-Controle de Entrega

Mais informações, no Sindimetal Maringá.

(44) 3224-4186

23 encontro_ si

impressão-3d

Nova tecnologia permitirá criação de peças de metal por impressão 3D

Assim como é possível hoje fabricar por meio de impressão 3D ou manufatura aditiva uma diversidade de objetos à base de polímero (plástico), em breve também será possível criar peças à base de metal por meio dessa técnica combinada com alguns processos de usinagem.

Essa tecnologia de fabricação inovadora, que pretende substituir, ao menos parcialmente, processos tradicionais de fundição, forjamento e usinagem, tem despertado o interesse de diferentes grupos de pesquisa no mundo.

No Brasil, as principais instituições de pesquisa que atuam na área de manufatura aditiva no Estado de São Paulo se reuniram, por meio de um projeto apoiado pela FAPESP, para alinhar os esforços e, dessa forma, obter avanços no conhecimento e na aplicação dessa nova técnica.

Alguns dos desafios para o desenvolvimento dessa tecnologia no Brasil foram abordados por Reginaldo Teixeira Coelho, professor da Escola de Engenharia de São Carlos, da Universidade de São Paulo (EESC-USP), em palestra na FAPESP Week Belgium, realizada nas cidades de Bruxelas, Liège e Leuven de 8 a 10 de outubro.