9 encontro com RH whats

9º Encontro com RH fala sobre como evitar ações trabalhistas

No último dia 19 de julho, o Sindimetal promoveu o 9º Encontro com RH – Palestra Jurídica, com o tema: Medidas disciplinares: Como aplica-las corretamente evitando o risco de ações trabalhistas.

O tema, um dos sugeridos pelos participantes dos encontros anteriores, foi abordado pelo advogado do Sindimetal, Reginaldo Farias. “O volume de ações trabalhistas tem crescido diariamente no país. A recessão econômica vem favorecendo ainda mais esse aumento. É de fundamental importância que as empresas tenham gestores preparados para reduzir o número de conflitos trabalhistas de modo seguro e de acordo com as boas práticas na aplicação da legislação trabalhista”, falou Farias, justificando a importância do tema.

Indústrias associadas tem participação gratuita na palestra, que acontece todos os meses com diferentes temas.

Os convites são enviados via e-mail.

 

 

ef70cb80-495d-4a4c-b878-28a959590808

Formação de preço de venda é tema de curso no Sindimetal Maringá

Ministrado pelo professor Jerry Kato, o Curso Gestão Financeira e de Custos teve seu segundo módulo realizado no último dia 18 de julho.

Com a presença de cerca de 20 indústrias, o curso teve além da explanação do professor, exercícios práticos.

O próximo módulo com o tema: Gestão de Tesouraria e Fluxo de Caixa acontece no próximo dia 16 de agosto.

Esta é uma ação do Sindimetal Maringá, em parceria como Sistema Fiep que realiza do Programa de Competitividade Industrial.

modernização

Modernização trabalhista valoriza a negociação coletiva e garante uma série de direitos aos trabalhadores

Veja as informações no link:

 

http://www.portaldaindustria.com.br/agenciacni/noticias/2017/07/modernizacao-trabalhista-valoriza-a-negociacao-coletiva-e-garante-uma-serie-de-direitos-aos-trabalhadores/

 

Fonte: CNI

2d1a7d77-235f-437c-beca-8641e76fcdaa

Indústrias participam do Projeto Exporta Mais PR

No último dia 28, as indústrias de Maringá e região receberam das mãos dos representantes do Sebrae o Book da Oferta Exportável do setor Metalmecânico do Projeto Exporta Mais PR. O book tem o objetivo de auxiliar no processo de internacionalização das empresas do setor, e foi construído pelo Sebrae e o Sistema FIEP/CIN – PR, com o apoio do Instituto Mercosul e Sindimetal Maringá.

O book possibilita a identificação de oportunidades para fortalecer os negócios do setor metalmecânico paranaense na América Latina.

O Projeto Exporta Mais PR tem por proposta de valor fornecer suporte e inteligência de mercado com capacitação e apoio técnico especializado para o empresário desenvolver e atuar em canais de conversão de negócios, criando relacionamento ativo com segmentos exportadores no Brasil e compradores no exterior.

A entrega foi marcada por um café da manhã, com a presença dos empresários participantes do projeto. Para a apresentação do mercado, vieram consultores da Colômbia e do Peru,  que juntamente com a equipe visitaram algumas indústrias de Maringá. “Este é o primeiro produto do projeto entregue para os clientes, portanto, já começamos nossos trabalhos”, falou Luiz Antônio Rolim de Moura, assessor da diretoria do Sebrae.

Nos próximos dias serão realizadas outras ações relacionadas ao projeto.

 

Case de Sucesso:

Já participante do Projeto, o representante da empresa Pressure, Carlos Carvalho, esteve no café da manhã para contar aos participantes o sucesso obtido por meio do apoio do Sebrae. “Com o suporte do Sebrae e as portas que abriram para nós, conseguimos conquistar um novo mercado e abrir portas para nosso negócio”, comentou.

De acordo com  Carlos, por meio do Exporta Mais PR, a empresa adquiriu expertise do mercado como ferramenta rápida  e eficiente.

 

Fotos de algumas indústrias visitadas pelos consultores da Colômbia e Peru:

82e89c94-ea98-4872-bacb-a0ee17f8afeb a7d83f9d-a14d-40d5-a36b-9fea4adc181a b138e0a5-fc13-4acc-97a9-7d6f4725dbdc e6001ee6-30dc-4694-9a86-e14af0f244a0556c809f-0b61-4856-993c-0ce1f9c37ca0   34915119603_78593533e4_z34915119743_ccb0381a6e_z  34883132234_024958e140_z 34883133134_3017a863e9_z

34915116493_082491ea90_z 34915118113_3ac268bdfa_z 35337583500_5d96528a31_z

 

lab aberto

Pequenas empresas têm acesso a recursos para projetos em metalmecânica

Ideias inovadoras de pequenas empresas podem ser apresentadas pela internet até o final de agosto para o Laboratório Aberto em Metalmecânica do Senai, localizado em Maringá. A empresa propõe a ideia, o Senai auxilia com consultoria técnica, espaço e equipamentos, e o Sebrae, com recursos e consultoria de gestão.

Os projetos devem ter orçamento máximo de R$ 30 mil. Desse total, o Sebrae entra com 70% dos recursos e a empresa, com 30%. O crédito é disponibilizado pelo Sebrae, a partir do programa SIBRATECShop do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Por meio do laboratório, a pequena empresa ou microempreendedor individual têm acesso a suporte técnico, a consultores de gestão e pode utilizar equipamentos para construção de protótipos mecânicos e eletrônicos de novos produtos. “O diferencial do laboratório na atuação nos projetos é acelerar a colocação de um produto de melhor qualidade no mercado, mais bem-acabado”, explica o gestor do laboratório de Maringá, Adilson Jenck. Ele exemplifica com o caso de uma empresa que queria construir um robô para o disparo de mensagens de voz por meio de uma rede interna conectada em wi-fi. O laboratório entrou com os recursos para materiais, a mentoria técnica e a prototipagem em impressora 3D, e a empresa, com a solução eletrônica e o software para construção do robô.

Para ter acesso ao laboratório e aos recursos, a empresa deve preencher o cadastro e submeter a ideia à aprovação pelo site www.lababerto.com.br
Fonte: Fiep PR
senai editais

Novidades no Edital de Inovação para a Indústria

Projetos inovadores terão incentivo de mais de R$ 53,6 milhões neste ano para serem desenvolvidos e chegarem ao mercado. O novo Edital de Inovação para a Indústria, antes conhecido como Edital Senai – Sesi de Inovação, já está recebendo inscrições de empresas de todos os portes e startups interessadas em financiar ideias de produtos e processos inovadores.
Neste ano há duas novas categorias: Inovação Tecnológica para Micro e Pequenas Empresas Industriais, MEI e Startups e Empreendedorismo Industrial. A categoria Empreendedorismo Industrial tem como objetivo incentivar a conexão entre grandes empresas e startups de base tecnológica, uma tendência global. O benefício é a redução de custos das médias e grandes empresas e aumento da qualidade das startups que poderão desenvolver protótipos e tecnologias com apoio dos Institutos Senai.
O programa financiará 285 projetos com custo individual de R$ 75 mil a R$ 400 mil. A expectativa é beneficiar, já em 2017, projetos de inovação de 150 a 200 pequenos negócios. Qualquer empresa do setor industrial e startups de base tecnológica pode inscrever propostas. Acesso o site www.editaldeinovacao.com.br e saiba mais.