O nome Grupo 19 advém de um enquadramento que, até 1988, se mostrava vigente na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), na forma de anexo do artigo 577. Tal enquadramento levava em conta a atividade econômica das empresas e traçava a correspondência desta com os trabalhadores de cada setor. Assim, o Grupo 19 abrange, de um modo geral as atividades relativas às indústrias metalúrgicas, mecânicas, de material elétrico, automotiva, eletroeletrônica e de reparação de veículos.