Voto

Eleição Sindical acontece em janeiro/2018

Informamos que no dia 17/01/2018 (quarta-feira), no período das 08h00 às 12h00 e das 14h00 às 18h00 na Sede do Sindimetal, na Avenida Guedner, nº 3041, Parque da Gávea, na Cidade de Maringá-PR, acontece a Eleição para Diretoria deste Sindicato.

Em cumprimento ao estatuto, segue chapa inscrita:

PRESIDENTE:
CARLOS WALTER MARTINS PEDRO – HIDRO METALÚRGICA ZM LTDA
VICE-PRESIDENTE:
MASSAYOSHI SIRAICHI- ATDL – DIST. DE IMPLEMENTOS RODOVIÁRIOS LTDA
DIRETOR ADJUNTO:
JOSÉ CARLOS BECKHEUSER- IRMÃOS BECKHAUSER LTDA
DIRETOR SOCIAL
MARCOS FLAUSINO DIAS – ABSD – INDUSTRIA DE PEÇAS LTDA
1° SECRETÁRIO:
WILLIAN VILELA- LOGOS MÁQUINAS PARA RETÍFICA LTDA.
2° SECRETÁRIO
JOSÉ SENDESKI NETO- KIDASEN IND. E COM. DE ANTENAS LTDA
1° TESOUREIRO:
PAULO CESAR MALDONADO- OMEGA TECNOLOGIA & SERVIÇOS LTDA.
2° TESOUREIRO
CLÁUDIO LEANDRO ZAVATINI- REALRODAS IND.COM. LTDA
CONSELHO FISCAL
Titulares
JOSÉ DOCE MORENO- NAIFLA IND. E COM. DE PROD. PNEUMÁTICOS LTDA
ABILIO APARECIDO TELES DA SILVA- PRESSURE COMPRESSORES LTDA
ROQUE CORREA JUNIOR- ENGRENAPEÇAS IND. E COM. DE PEÇAS LTDA.
ANTONIO VILLACA TORRES JUNIOR- ORTOBIO IND. COM. DE PROD. ORTOPÉDICOS
CONSELHO FISCAL
Suplentes
MÁRIO MEDEIROS DE CARVALHO- ICOFEPAR IND. E COM. DE FERRO E PLÁSTICOS LTDA.
MÁRIO LAMON- M. LAMON IMPLEMENTOS LTDA
CLAUDIONIR ZAVATINI- REALRODAS IND.COM. LTDA
RAFAEL BURDINI MARGONATO- M.S.F. METALÚRGICA SANTA FÉ LTDA.
DELEGADOS REPRESENTANTES
CARLOS WALTER MARTINS PEDRO
MASSAYOSHI SIRAICHI

 

 

estaremos em recesso

Recesso de Final de Ano

Informamos que estaremos em recesso do dia 20 de dezembro ao dia 07 de janeiro.

Dia 8, iniciamos em expediente normal a partir das 8h00.

Desejamos a todos um excelente Natal e um próspero Ano Novo, cheio de paz e muito trabalho!

 

natal 3

man and woman shaking hands in front of laptop

Sindimetal inicia negociação da Convenção Coletiva 2017/2018

O Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Maringá e Região (Sindimetal) e o Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Maringá (Sindmetalúrgicos) iniciaram as negociações da Convenção Coletiva da categoria 2017/2018.

Industriais do setor Metalmecânico se reuniram em Assembleia realizada no Sindimetal no último dia 05 de dezembro para estudo e análise da pauta encaminhada pela entidade que representa os trabalhadores de mais de mil indústrias de 57 municípios da região. A data-base da categoria é 1º de dezembro.

Hoje, o piso da categoria é de R$ 1.367,28.

eleições-2017

ELEIÇÃO SINDICAL: Edital de Convocação

 

Pelo presente edital, ficam convocados todos os associados do SINDIMETAL – Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Maringá-PR. para as eleições, que serão realizadas no dia 17/01/2018 (quarta-feira), no período das 08h00 às 18h00 na Sede desta Entidade, sito na Avenida Guedner, nº 3041, Parque da Gávea, na Cidade de Maringá-PR, para a composição da Diretoria, Conselho Fiscal e Delegados Representantes, efetivos e suplentes, ficando aberto o prazo de 05 (cinco) dias, para o registro de chapas, que começará a contar no primeiro dia útil subsequente da data da publicação deste Edital. A Secretaria da Entidade funcionará, no período destinado ao registro de chapas, no horário das 8h00 às 12h00 e das 14h00 às 18h00. Caso não seja obtido “quórum” em primeira convocação, a eleição será realizada em segunda convocação no dia 18/01/2018, sendo considerados eleitos os candidatos que obtiverem a maioria dos votos dos eleitores presentes. No caso de chapa única, poderá ser instalada a assembleia eleitoral no dia 17/01/2018, acima designado, às 08h00 às 18h00, em primeira convocação desde que presentes a maioria absoluta dos associados em condições de votar. Não estando presente este quórum, poderá a mencionada assembleia ser instalada duas horas após, sendo considerados eleitos os candidatos que obtiverem a maioria dos votos dos eleitores presentes. O Sindicato poderá alterar a forma da eleição para que a mesma ocorra pelo Sistema Eletrônico de Votação.

 

 

 

Maringá, PR 01 de dezembro de 2017.

 

 

 

Home center

Empresários participam de missão à Colômbia e Peru

Empresários de Maringá e região, participantes do Programa Exporta Mais Paraná, realizado pelo Sebrae em parceria com o Sindimetal Maringá estiveram no início do mês de novembro na Colômbia e no Peru para uma missão empresarial, com objetivo de realização comercial, conhecimento e visitação às indústrias, fornecedores, produtores e o comércio desses países.

Com programação extensa, o grupo composto por empresários e colaboradores do Sebrae e Sindimetal visitaram empresas como Grupo Orbis, AKT Motos, Casa Tienda, Unimaq, Basa/Facusa, Tasa, entre outras, onde puderam ter experiências de comércio, vendas, preços e produtos.

Durante a missão, também aconteceu uma rodada de negócios na Embaixada do Brasil no Peru, com participação da Camara Binacional de Comercio e Integração Peru/Brasil. Na Rodada de Negócios foram ofertados produtos como: assessoria comércio exterior, controle de débitos, carta de crédito, possibilidade de armazenamento dos produtos, e muito mais.

Esta é uma ação que visa o fortalecimento das indústrias de Maringá e Região, realizada pelo Sebrae Paraná, Sindimetal Maringá, com o apoio do Sistema Fiep por meio do Centro Internacional de negócios.

Sobre o Exporta + Paraná:

O Programa Exporta + Paraná, tem o objetivo de promover a conexão de demandas de comercialização no mercado exterior com a capacidade de solução e forma empreendedora das Micro e Pequenas Empresas. A estratégia de atuação do projeto é realizada pelo Sebrae em parceria com o Sindimetal Maringá e com o Centro Internacional de Negócios da Fiep (CIN).

Durante o programa, o Sebrae realiza ações de inteligência de mercado e apoio técnico especializado para o empresário desenvolver e atuar em canais de conversão de negócios, promover a conexão de demandas de comercialização nos territórios definidos pelo SEBRAE/PR no exterior.

 

post assembleia

Convocação: Assembleia para estudo e análise da Convenção Coletiva

O Presidente do Sindimetal Maringá – Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Maringá, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, convoca todos os associados e demais representados, para participar da Assembleia Geral Extraordinária, no Sindimetal, localizado na Avenida Guedner, 3041, Parque da Gávea – Maringá, próximo ao Hospital Municipal, no dia 05 de dezembro de 2017 (terça-feira), às 18h30min, em primeira convocação e às 19h15min, em segunda convocação, com qualquer número de participantes, conforme autoriza o Estatuto do Sindicato, para deliberarem sobre a seguinte ordem do dia:

Pauta Completa:

• Aumento salarial;
• Aumento do piso salarial;
• Outros pedidos do Sindicato dos Metalúrgicos;
• Outros assuntos.

 

Todos industriais do setor metalmecânico podem participar!

 

IMG_2674

Rodada de Negócios prospecta novos mercados para o setor metalmecânico

Evento aconteceu no último dia 21 de novembro e abriu oportunidade para que empresários ampliarem sua rede de contatos, firmarem parcerias e apresentarem seus serviços para grandes empresas.

Com a intenção de gerar novas parcerias, ampliar a rede de relacionamento e estimular a geração de negócios e mercados, empresários do setor metalmecânico puderam participar da Rodada de Negócios Empresarial. Na ocasião, os gestores de micro e pequenas empresas apresentaram de maneira direta e individual seus produtos e serviços para grandes empresas da região. O evento aconteceu no dia 21 de novembro,  no Senai IST, em Maringá.

A ação é organizada pelo Sindimetal – Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Maringá, Fiep e Sebrae Paraná. Entre as grandes empresas  participantes, chamadas de âncoras, estiveram Usaçúcar, Romagnole e a Coca-Cola Femsa. Os gestores de micro e pequenas empresas de indústrias, comércios e serviços em geral, de tecnologia, prestadores de serviços diversos e outros interessados em participar do evento foram convidados pelo Sindimetal e pelo Sebrae, priorizando atender as demandas das empresas âncoras. O Sindimetal enviou convite via e-mail para toda sua base de atuação. “Nosso objetivo foi dar oportunidade a todas as empresas de nossa base para participar dessa iniciativa e movimentar o setor de forma geral. As indústrias que puderam atender a demanda, participaram e tivemos bons feedbacks”, comentou Carlos Walter Martins Pedro, presidente do Sindimetal Maringá.

Marcelo Wolff, consultor do Sebrae/PR explicou que a rodada de negócios é um evento de curta duração em que a sua metodologia prevê a realização de diversas reuniões de negócios entre empresários que demandam e ofertam serviços e produtos, com gestores que necessitam contratar. “É um encontro efetivo, em que ambas as partes podem firmar parcerias pelo crescimento dos negócios. Para a micro e pequena empresa é um momento de ter entre a sua carteira de clientes grandes empresas que são referência na região”, afirmou.

Para o diretor da Usaçucar, Paulo Meneguetti, o retorno da rodada não poderia ser melhor. “Tive um bom feedback do meu pessoal. Todos gostaram muito dos resultados que a rodada proporcionou”, comentou.

Para Jorge Henrique Minguetto, Gerente de Compras da Romagnole, o evento foi muito produtivo. “Agradecemos o convite e parabenizamos o Sindimetal e o Sebrae pelo evento. Temos certezas que grandes parcerias serão construídas”, disse.

transformação

Paraná foi o que mais aumentou participação no PIB do país

O Paraná ampliou de 6% para 6,3% a participação na economia do País. Os dados são da pesquisa Contas Regionais, divulgados em 16 de novembro pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), relativa a 2015.

De acordo com o IBGE, o Paraná foi o Estado com maior ganho de participação no Produto Interno Bruto (PIB) do País, com 0,3 ponto percentual de crescimento. Na sequência vieram Bahia, São Paulo, Distrito Federal e Rio Grande do Sul, com 0,2 p.p. cada um.

Em 2015, o PIB paranaense somou R$ 376,960 bilhões. O desempenho aproximou ainda mais o Estado do Rio Grande do Sul no ranking das maiores economias do Brasil. O Paraná está na quinta posição, com 6,3%, e os gaúchos seguem em quarto (6,4%).

“Mais um dado importante, que demonstra a vitalidade da economia paranaense, mesmo em tempos de queda da atividade econômica. Neste ano, temos vários indicadores positivos e as estimativas de crescimento do PIB estadual são bastante otimistas, reforçando o bom ambiente que criamos para apoiar o desenvolvimento do Estado”, avaliou o governador Beto Richa.

DIVERSIFICADA – “Esse aumento de participação se deve ao fato de que a economia do Paraná é diversificada e com solidez em todos os setores, não apenas na agropecuária, mas também no comércio, indústria e serviços”, explica Júlio Suzuki Júnior, diretor-presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes).

Em 2010, o Paraná detinha 5,8% de participação na economia do País. Entre 2010 e 2015, das 15 atividades econômicas pesquisadas pelo IBGE, o Paraná aumentou participação em 14 delas.

Os destaques ficaram por conta da indústria da transformação, cuja participação no total do País passou de 6,84% para 8,01%; e eletricidade, gás, água e esgoto e gestão de resíduos, de 9,94% para 11,57%.

A exceção foram atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados, cuja participação do Estado no setor nacional passou de 4,45% para 4,16%, impactado principalmente pelo fim das operações do HSBC no Estado.

RETRAÇÃO GENERALIZADA – De acordo com o IBGE, pela primeira vez desde a série iniciada em 2012, o PIB recuou em todas as unidades da federação. O Paraná sentiu menos os efeitos da crise e aumentou a participação na economia do País mas, assim como os demais Estados, sentiu os efeitos da recessão.

O PIB do Paraná caiu 3,4% em 2015, pouco abaixo do registrado pelo Brasil, com recuo de 3,5% no ano.

Mato Grosso do Sul (-0,3%), Roraima (-0,3%) e Tocantins (-0,4%) foram os Estados com as menores quedas, enquanto Amapá (-5,5%), Amazonas (-5,4%) e Rio Grande do Sul (-4,6%) tiveram as reduções mais acentuadas.

Em 2015, apenas cinco estados (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná) foram responsáveis por 64,7% do PIB nacional.

PER CAPITA – O Paraná tinha um PIB per capita de R$ 33.960,36 em 2015, o sexto maior do País. O Distrito Federal liderava o ranking, com renda per capita de R$ 73,971,05, 2,5 vezes e meia maior do que do Brasil.

 

Fonte AEN

sustentabilidade (1)

Máquina desenvolvida no Senai Paraná é solução inédita para resíduos industriais

Um estudo da Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (Abetre) aponta que o Brasil produz, todos os anos, cerca de 33 milhões de toneladas de resíduos industriais. Deste volume, a entidade acredita que 25 milhões de toneladas não recebem o tratamento adequado. Entre os resíduos gerados pela atividade industrial estão os cavacos, pedaços de aço que “sobram” no processo de usinagem. Além do aço, o material contém óleo, utilizado para refrigerar a área de corte e evitar que o atrito causado durante o processo cause danos à peça e à ferramenta de corte. Com o objetivo de dar uma destinação correta aos cavacos produzidos nas indústrias, o Instituto Senai de Tecnologia (IST) em Metalmecânica, instalado em Maringá, desenvolveu o protótipo de uma máquina de beneficiamento de cavaco e recuperação de óleo. O modelo é inédito no mundo e já desperta o interesse de outros países.

Atualmente, para garantir o descarte adequado deste tipo de resíduos, as indústrias possuem centrais de cavaco em suas fábricas. Quando as centrais ficam cheias é preciso fazer a contratação de uma empresa especializada e externa para fazer a retirada e o transporte do material, o que gera gastos para a empresa.

O protótipo da nova solução, criado no IST em Metalmecânica, pode ser instalado dentro das fábricas para que todo o processo de beneficiamento do material aconteça in loco. A ideia da máquina surgiu a partir da curiosidade do engenheiro eletricista João Pedro Kovalchuk, que resolveu estudar as centrais de cavaco e a potencialidade de geração de calor do resíduo. O processo fez com que, em parceria com o engenheiro mecânico Guilherme Barani, o primeiro esboço de um equipamento de aproveitamento desse material fosse criado.

“Em vez de existir as centrais, o equipamento pode ser instalado e receber até 10 toneladas de cavaco por dia. O processo de beneficiamento de 1,5 toneladas dura 80 minutos”, explica Kovalchuk. O ponto alto da máquina é que, neste processo, o óleo é separado e recuperado, podendo voltar para a cadeia produtiva da indústria. “Isso vai gerar uma economia grande já que o litro de óleo custa, em média, R$40,00. A máquina permite a utilização do mesmo óleo entre 15 e 30 vezes”, informa Guilherme. Além disso, a retirada do óleo é feita por pressão negativa (a vácuo), o que também é novidade, já que até então o procedimento exigia grandes máquinas de centrifugação ou prensagem.

O protótipo criado pela equipe do IST também permite que o calor gerado no processo seja usado para aquecer até 500 litros de água a custo zero e sem emissão de carbono. De acordo com o estudo realizado pelo Instituto Senai, o potencial de mercado para o equipamento é de mais de 5,5 mil máquinas no Brasil. Em todo o mundo, o número sobe para 30 mil.

Desenvolvimento

Embora tivessem uma primeira concepção de projeto, os engenheiros reconhecem que ela era muito “rudimentar” e, por isso, apresentaram a proposta no IST em Metalmecânica.

“Nós chegamos com a ideia. Nada além disso. A equipe do Senai desenvolveu uma pesquisa de mercado, os cálculos, o projeto, o design e sugeriu melhorias. Tudo. O resultado ficou muito além do que a gente poderia imaginar”, comemora Kovalchuck.

De acordo com o gerente do IST em Maringá, Luiz Antonio Mendonça, o Instituto é importante para ajudar a tirar boas ideias do papel. “Além da nossa equipe de engenheiros, designers e especialistas, o IST tem máquinas, equipamentos e softwares de engenharia que ajudaram a montar o primeiro protótipo. No caso da máquina de cavaco, o produto chamou a nossa atenção desde o início, por representar uma inovação na área ambiental muito importante para a indústria no mundo”, reforça.

O Instituto recebe propostas em duas entradas: o Laboratório Aberto, que é uma espécie de “coworking tecnológico” e também pela área de Pesquisa em Desenvolvimento e Inovação, na qual os projetos chegam por meio de editais e/ou contratação direta. “Isso colabora com o aumento da produtividade e da competitividade da indústria em vários níveis. Uma máquina com uma solução inovadora, como a proposta pelos engenheiros, gera o aproveitamento pleno da indústria, economia e utiliza a capacidade máxima produtiva das organizações”, afirma o superintendente do Sesi e IEL e diretor do Senai no Paraná, José Antonio Fares.

Inovação

Empresas dos Estados Unidos e Canadá já demonstraram interesse e os engenheiros deram início ao processo de obtenção de patente em outros países. “Resíduo é uma palavra que não deveria existir no dicionário industrial. Ele deveria se transformar em insumo para a indústria. Inovação é isso: repensar o que já está sendo desenvolvido e propor novas alternativas”, acredita o gerente-executivo de Inovação do Sistema Fiep, Luiz Carlos Ferracin.

Mais informações sobre os institutos Senai de Tecnologia podem ser obtidas no site: www.senaipr.com.br/para-empresas/

 

Fonte: Agência Fiep

Rodada de Negocios_Positiva (1).Divulgação

Sindimetal e Sebre promovem Rodada de Negócios do Setor Metalmecânico

Nesta terça-feira (21), acontece no Senai IST a Rodada de Negócios do Setor Metalmecânico, promovida pelo Sindimetal e Sebrae.

A Rodada tem o objetivo de incentivar e impulsionar o setor com produtos e serviços demandados por empresas âncoras como: Usaçúcar, Romagnole e Coca-Cola.

A participação na rodada é gratuita e realizada mediante inscrição prévia realizada via formulário enviado a todas as empresas do setor por meio do Sindimetal.

Estão confirmadas a participação de 49 empresas, que realizarão uma dinâmica especial para expor seus produtos e serviços.

A rodada acontece às 13h45, na Sala Metalmecânica e será capitaneada pelos consultores do Sebrae. Convite Rodada de Negócios 20_11 whats 3 ok

 

Inscrições para participação CLIQUE AQUI

Mais informações: Sindimetal Maringá 44 3224-4186