Inga metal

Programa do Sindimetal ajuda empresas a otimizar gestão

As 18 empresas que aderiram ao Programa de Apoio à Competitividade das Indústrias estão tendo a oportunidade de otimizar a gestão financeira e de custos. É que depois de um diagnóstico das necessidades, estas empresas estão recebendo consultoria para implementar ferramentas de otimização de matéria-prima, mão de obra, contas a pagar, contas a receber e giro de estoque. As consultorias tiveram início em junho e prosseguem até setembro, num total de 12 horas por empresa.

A Ingá Peças é uma das que aderiu ao programa desenvolvido pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Maringá (Sindimetal) em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP). Segundo o proprietário, Cláudio Chiuchetta, após a análise de fluxo de caixa, estoque e produção, foi possível constatar a necessidade de reduzir o prazo de pagamento dos valores a receber, a necessidade de negociar aumento de prazo de pagamento junto a fornecedores e a redução do tempo de estoque, que hoje é em média de 120 dias. O empresário conta que a consultoria do programa do Sindimetal está sendo importante para complementar e validar o trabalho de outra consultoria que a empresa tinha contratado individualmente. “Este programa de competitividade veio somar ao trabalho que estamos fazendo. E o valor do serviço é bem interessante”, diz. Comercializando peças para implementos agrícolas, a Ingá Peças tem 22 funcionários e seis anos de mercado.

As consultorias estão sendo conduzidas por Jerri Kato, que tem ajudado as empresas a analisar custos de hora da mão de obra, a formar preço de venda e a estruturar o fluxo de caixa e resultados. Kato também foi o responsável pelo diagnóstico individual das empresas participantes, após visitas e aplicação dos questionários.

A FIEP custeia 80% do valor do projeto e a contrapartida cabe ao grupo de indústrias participantes.